CRONOANÁLISE

Há diversos sistemas de custeio da produção e dos estoques, dentro dos princípios fundamentais da Contabilidade, consagrados pela Lei no. 6.404/76.
O custo padrão (Standard) é um dos sistemas utilizados para avaliação da produção e dos estoques (item 3.5 do Parecer Normativo no. 6/79, pois permite melhor instrumentação para fins gerenciais. Sua utilização pode ser feita com o princípio do sistema de custeio por absorção.
Os custos padrão são custos predeterminados, geralmente estabelecidos por um processo científico através da CRONOANÁLISE.
A aplicação da CRONOANÁLISE proporciona resultados imediatos através do aperfeiçoamento dos métodos de trabalho e a correta determinação da produção horária de cada tarefa.

Os participantes deste Curso obterão conhecimento e domínio das técnicas de levantamento dos tempos padrão de produção, análise, seleção e implantação de métodos de trabalho eficazes, atendendo às exigências da Melhoria Contínua.

Gerentes, engenheiros, supervisores, líderes e técnicos das áreas de Produção, Logística, Processos e Custos.

1 – Áreas de aplicação
2 – Enquadramento
3 – Sistemática geral
4 – Técnicas de simplificação
5 – As cinco perguntas chave
6 – Checklist
7 – Principais causas de baixa produtividade
8 – Terminologia
9 – Equipamentos utilizados nos estudos de tempo
10 – Correlação das unidades de tempo
11 – Seleção do operador
12 – Divisão da operação em elementos
13 – Sistemas de cronometragem
14 – Número de ciclos a cronometrar
15 – Taxa de permissão
16 – Seleção dos valores de tempo
17 – Determinação do fator de ritmo
18 – Definição de avaliação de ritmo
19 – Desempenho de ritmo
20 – Aplicação do fator de avaliação
21 – Frequência
22 – Fadiga
23 – Tempo normalizado
24 – Tempo padrão
25 – Exercícios

16 horas (das 08:00 às 17:00)

Informações pelo tel. (41) 3039-9841